história do apóstolo Paulo

história do apóstolo Paulo

História do Apóstolo Paulo – Quem foi de Paulo de Tarso?

Paulo de Tarso, um homem escolhido para mostrar as pessoas a misericórdia de Deus, e espalhar os ensinamentos do cristianismo. Nesse artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre a história do apóstolo Paulo.Um homem de grande intelecto, que deixou 13 cartas que hoje fazem parte da Bíblia Sagrada. Pois, sua missão era compartilhar com as pessoas as promessas de Cristo.

Entretanto, ele não fez parte dos 12 apóstolos. Mas, ainda assim, na história do apóstolo Paulo, veremos uma vida de amor e dedicação. Um homem que com certeza, marcou a história do cristianismo

A História da vida do Apostolo Paulo, parte 1 - Blog Rony Cardoso

A biografia do apóstolo Paulo

Nascido na cidade de Tarso, província da Cilícia com o nome de Saulo, um nome romano. Paulo, era judeu de nascença mais com nacionalidade Romana comprada, com uma família de muitas posses. Fazia parte do partido dos fariseus como o seu pai.

Paulo tinha um intelecto peculiar e era muito dedicado aos estudos das escrituras de Moisés. Em certa altura, seguiu para a cidade de Jerusalém para estudar com um respeitado sacerdote fariseu Gamaliel. E logo, se destacou e ficou muito conhecido entre os judeus.

Logo, começou a ouvir rumores sobre a pregação do cristianismo em Jerusalém. Soube que os discípulos do Messias, estavam evangelizando pessoas e as convertendo com promessas diferentes daquelas que ele acreditava.

E assim, como um fiel e obstinado seguidor da religião dos judeus, imediatamente foi procurar saber mais a respeito das pessoas que estavam participando desses atos. Pois, em sua concepção, ele tinha o dever de combatê-los. E logo, Paulo começa sua perseguição aos cristãos.

Paulo de Tarso, o perseguidor

A perseguição de Paulo já havia se iniciado em Jerusalém quando prendeu Estevão, Filipe, Pedro e João, porém a pedidos de Gamaliel ele poupou a vida deles, menos de Estevão que já havia se tornado um desafeto pessoal.Pois, Estevão já o havia confrontado em uma discussão árdua, e Paulo se sentiu ofendido com pelas suas palavras.

Sombra do Onipotente: A MORTE DE ESTEVÃO

Após a morte de Estevão, ele decide seguir para Damasco e continuar sua perseguição. Ao mesmo tempo, ele recebe autorizações legais, para prosseguir com a sua luta contra o cristianismo. Torna-se então um líder oficialmente. Podendo assim, se valer disso e combater todos os cristãos

A conversão de Paulo de Tarso

Quando Paulo já estava próximo de Damasco, perto do meio-dia, uma forte luz desceu do céu em sua direção. Ele então, cai no chão e ouve uma voz: “Saulo, porque você me persegue?” E Paulo, surpreendido, pergunta quem é? Uma voz responde: “Eu sou Jesus de Nazaré”. Então, nesse momento, tudo muda na sua trajetória de vida. Ele se entrega ao chamado de Jesus.

E logo, ele percebe que estava diante do verdadeiro Deus. E naquele momento, sua missão era atender os desígnios do Cristo,Todos que o acompanhavam viram a luz, mas não ouviram nada. E Ele então perguntou, Senhor o que devo fazer? E assim, ele escuta as orientações, e segue para Damasco, onde alguém iria lhe dizer tudo o que Deus queria que ele fizesse.

Naquele momento, a luz tão forte o deixou cego, e teve a ajuda dos seus companheiros de viagem que o levaram até o seu destino. Ele se instalou em uma pensão, e ficou aguardando a pessoa que lhe diria o que fazer.

No entanto, para sua surpresa, o homem que o procurou era Ananias, a quem ele queria perseguir. Mas Ananias um servo fiel e bondoso, o acolheu e lhe disse: “Irmão Saulo, veja de novo!” E no mesmo instante Paulo voltou a enxergar.

E assim, ele recebe suas instruções, que Deus o havia escolhido para servir de testemunha e espalhar a palavra de Deus. É orientado por Ananias a pedir a ajuda do Senhor. Pois assim, ele seria batizado e teria todos os seus pecados perdoados.

Logo depois, acontece o seu batismo pelas mãos de Ananias, e Paulo agora se torna um verdadeiro cristão. Assumindo uma importante missão, pregar as palavras de Cristo. E assim, se inicia a historia do apostolo paulo

O início do ministério do apóstolo Paulo

Após ser batizado, apóstolo Paulo inicia a sua pregação da palavra de Jesus. Assim sendo, mesmo em Damasco onde seu plano inicial era perseguir cristãos. Paulo seguiu pregando a mensagem de Jesus em todas as sinagogas que encontrou pelo caminho.No entanto, teve que sair fugido da cidade para não ser morto, por causa das suas palavras de fé. Seguiu sua viagem para a região da Arábia, e só após três anos retornou para Jerusalém.

Todavia, no seu retorno foi a procura de Pedro, com quem esteve por alguns dias em busca de ensinamentos. Mas logo teve que sair de Jerusalém, pois seu nome era muito conhecido e as pessoas sabiam das suas perseguições aos cristãos.

Ele então, retorna a sua cidade Natal, e passa por um grande período de silêncio. Sobretudo, em profundo estudo das palavras de Jesus, que ele havia conseguido com Pedro. Embora que, digam que mesmo nesse período de recolhimento existem relatos de igrejas fundadas naquela região por Paulo.

No entanto, Barnabé foi enviado para a cidade de Antioquia, onde estava sendo feito um trabalho de evangelização aos judeus e não judeus. Logo, Barnabé resolveu ir até a cidade de Tarso encontrar Paulo, para que juntos pudessem dar continuidade no trabalho em Antioquia.

E assim, fizeram um grande e promissor trabalho na cidade, convertendo muitas pessoas ao cristianismo. Uma época que marca a grande importância na história do apóstolo Paulo.

As viagens missionárias do apóstolo Paulo

Ainda quando estavam em Antioquia, Barnabé e Paulo recebem uma orientação. Com a finalidade de darem início a missão para qual eles haviam sido designados. E assim, se inicia um longo trabalho pelas províncias do Império Romano.

Com a finalidade de que a mensagem se propagasse por toda a região. As pessoas que se convertiam passavam a fazer parte de uma comunidade. Bem como, com o importante papel de dar continuidade no trabalho. Para que a evangelização chegasse em todo o território.

Paulo, procurava atender e ouvir a todos, o que unia ainda mais pessoas ao seu rebanho. Embora, ele tenha percorrido muitos lugares. Mantinha contato com suas pequenas igrejas, e seus fiéis cristãos.

Primeira viagem missionária do apostolo paulo

(Por volta de 44 a 50 d.C.) Iniciada na cidade Antioquia, Paulo e Barnabé foram enviados para a Ilha de Chipre. E logo, deram início a sua evangelização na cidade de Salamina. E João Marcos os acompanhou nesse trabalho missionário

Segunda viagem missionária do apostolo paulo

(Por volta de 50 a 54 d.C.) Nessa viagem Paulo e Barnabé não seguiram juntos. E assim, Silas o acompanhou. Porém, nessa viagem Paulo tinha um propósito de visitar todos os lugares aonde já haviam pregado a palavra do cristianismo

Terceira viagem missionária do apostolo paulo

  1. Por volta de 54 e 58 d.C) Sua terceira viagem deu início na região de Galácia, seguindo depois para a Ásia. No entanto, depois seguiu para Éfeso para cumprir uma promessa feita a tempos atrás. Em virtude de cumprir a sua missão, apóstolo Paulo converteu cerca de quinhentas mil pessoas ao cristianismo. O resultado de um trabalho árduo, porém feito com muita dedicação e amor.

O debate do apóstolo Paulo com Pedro

Paulo em determinado momento se encontra com Pedro em Antioquia da Síria. Entretanto, observa que Pedro que antes tomava partido dos irmãos não judeus. Após a chegada de alguns judeus, ele passou a se comportar de maneira diferente.

Logo, Paulo acreditou que suas atitudes não estavam de acordo com a verdade que eles pregavam sobre as palavras do evangelho. E perante a todos ele chamou a atenção de Pedro para este fato. Sem dúvida, isso se tornou a primeira crise teológica da igreja.

Por consequência, Paulo e Barnabé seguiram para se reunir com apóstolos em Jerusalém. E assim, fica definido que os gentios que se convertessem poderiam seguir seu caminho livremente. Sendo desobrigados dos costumes judaicos

Prisão e morte do apóstolo Paulo

Em toda a sua jornada, apóstolo Paulo passa por incontáveis prisões. Porém, uma das principais em Jerusalém, onde acabou sendo transferido para Cesareia. Sendo que, ali permaneceu por dois anos.

Após Festo, sucessor de Felix assumir. Paulo, como cidadão romano apelou para César. E logo, após falar diante o rei Agripa e Berenice, ele foi enviado para Roma. E assim, passou mais dois anos em prisão domiciliar. Mas ainda, podendo dar continuidade ao seu trabalho de evangelização.

No entanto, Paulo acabou sendo preso novamente pelas mãos de Nero. Contudo o imperador conhecia o seu poder de persuasão, e não quis criar objeções perante o seu povo. Mas, logo após Paulo foi decapitado junto a uma estrada a mando de Nero.

Mas as palavras pregadas pelo apóstolo, percorreram o mundo e estão entre nós até os dias de hoje. Sem dúvida, a história do apóstolo Paulo, é um grande testemunho de fé, amor e um marco na religião cristã.

avalie este estudo?

Clique nas estrelas

muito obrigado pela votação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Comentarios

Tags: | | | | | | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.